A juventude e o jogo
   
(Glenda Maier)

 

Os jovens preferem o jogo
o jogo do faz-de-conta...
Sem saber que este jogo conta
nas contas do amanhã.

O jogo faz parte da vida.
Ganhar, privilégio de poucos.
O diabo é quem tem a audácia
de propiciar o jogo, convidar para o jogo
... e não jogar.

Todo diabo é um anjo-
se for arcanjo, é melhor - 
enfrenta os jovens do jogo,
não joga... jogar é ilusão...

Interrompe o jogo um minuto
e guarda, no fundo do peito,
a certeza de que a interrupção
é melhor e maior que o jogo...

 assim como quem sabe que a morte,
interrupção, neste jogo da vida,
é quem traz, a cada partida,
a possibilidade de ser vencedor.