Deusa
(Célia Lamounier de Araújo)

Se tal fora mudaria o mundo
com o pó do pirlimpimpim
distribuindo aos que amam
a terra, as flores, as pessoas.
E o mundo seria
um grande pequeno paraíso
de amar sem fim.

Deusa?...
me mudaria em  energia
para visitar seu corpo
transformá-lo num gigante
que sempre me protegeria.
E os meus momentos seriam
pequenos grandes momentos
em sua companhia.