Haicais
(Célia Lamounier de Araújo)

A casa esqueleto
que subindo... busca o céu
comigo faz dueto.

O verde se pinta
mostrando serenas tramas
recriando a tinta.

Imaginação...
na minha vida mil vezes
eu liberto/ação.

Sobe, desce só.
Desce só quem já subiu...
desce, vira pó.

Em golpe sutil
na madeira esculturando
GTO eterno.