PROCURA

Célia Lamounier de Araújo

 

 

Livre para buscar, não estrelas...

mas no fundo da alma os momentos

que ficaram de pessoas, não fatos,

só a fantasia criada

pela imagem que passou...

só a impressão, a beleza

do verso escrito que marcou,

da música forte

que se fez caminho

e levemente qual borboleta

se desprendeu melodia

do inconsciente da alma

num pensamento nasceu

e voando foi te encontrar.

 


*****