ACORRENTAR

Célia Lamounier

 

Ando sentindo

uma vontade imensa

de me desacorrentar

 

de me ver livre enfim

de toda a gente

de toda obrigação

de toda influência

e até do verbo amar.

 

Ando sentindo

uma vontade imensa

de me desacorrentar

 

e de poder ficar assim

em frente ao mar

em frente ao céu

em frente às arvores

ou em qualquer lugar.

 

Completamente livre sim

sem qualquer relógio

sem qualquer trabalho

sem uma qualquer coisa

e mesmo até sem lar.

 

Completamente livre

e desacorrentada

para aprender então

a harmonia que há

em me acorrentar.