AMAR  é  DAR

Célia Lamounier de Araújo

 

Dar tua solidão por companhia

a outro alguém sequioso de alegria

é gesto que pode parecer inútil

mas, sobretudo, não fútil.

 

Dar a tua mão para amparar

a criança, que por certo vai amar

melhor o mundo que lhe apóia,

é como dar uma jóia.

 

Dar um pouco de tempo em visita

a um doente ou uma pessoa aflita

transforma qualquer dia em um dia

especial de poesia.

 

Dar o teu silêncio ou tua voz

a todos estes seres que estão sós

necessitando de calor humano

para afastar desengano.

 

Dar, palavra que por si é doce,

por muitos maltratada qual se fosse

um estigma de traição...

Dar é AMAR - chave do coração.

 

 

música: Quizas, Quizas, Quizas...