M E L H O R     

Célia Lamounier de Araújo

(no livro: Sirgas e Organsins - 1986)

“Negue-me tudo a sorte, menos vê-la”

Fernando Pessoa

 

Não te quero ter,

Não te quero despido

O que se deseja

Ou apenas se entrevê

É melhor e mais bonito,

Tem mais graça

E tem mais vida.

 

Fica sendo só o desejo

De um beijo que não dei

De carícias que não tive

E talvez eu te eternize.

 

música: - Enya - thair ar neamh