Trovas
(Célia Lamounier de Araújo)


Precisamos todos nós
cuidar da árvore florida:
das flores vêm logo após
os frutos doces da vida.

***

No coração esperança
na alma desejos de amar,
jamais pensar em vinganças:
a vida é bela a cantar.

***

Não tem marco minha estrada
às vezes fico onde estou
noutras sigo maltratada
por saudade que ficou.

***

É dando que se recebe
mas poucos fazem assim.
O homem nem se apercebe
que se dá tudo no fim.

***

Milagre da vida é ter
a força das madrugadas
dia a dia renascer
pelo tom das alvoradas.

***

Homem, abra o coração
às belezas do universo
veja o luar, veja um botão,
e cante Deus em seu verso.

***

A vida que nos foi dada
é uma estrada esquisita
que nos leva ao fim da estrada
para uma estrada infinita.

***